terça-feira, 29 de março de 2011

Editando o texto da vida

  Na vida existem aqueles que não sabem ler e nem escrever a história de suas vidas, existem aqueles que escrevem e nem preocupam-se em ler o que escreveram sobre si próprios e há aqueles que para além de saberem ler e escrever, "editam" o texto de suas vidas sempre que necessário.
  Há pessoas que sequer prestam atenção na vida que levam, outros vivem e não se arrependem de nada que fizeram dizendo: Eu nasci assim, eu cresci assim... Entretanto viver "assim" só é bonito nas novelas da TV Globo.
  Depois que eu conheci a Jesus, comecei a ter a cara de pau de não aceitar quem eu sou para buscar ser como Ele é! Sei que não gosto de perdoar a quem me faz mal, mas sei que o texto da vida não fica correto se eu não perdoar como Ele perdoa. Já reparou que você não fala como escreve? Podemos até falar de determinada forma, contudo, na hora de escrever tomamos o cuidado de acertar nas palavras. Muitos são prolixos na hora de escrever, tentando passar uma imagem daquilo que não são, dificultando a comunicação para terem o status de "culto". Com Jesus a gente aprende a ser simples e ao mesmo tempo falar ao coração. Com Ele, deixamos as palavras "vis" e agarramos as palavram que edificam nossas almas. Antes de Jesus, a vida do homem era escrever e não poder corrigir e ser julgado e condenado pelo que escreveu. Com Ele, a vida torna-se um constante "editar" na busca de escrever a nossa história de vida com a "mente" Dele.
  Se você disser que não sabe escrever: Ele ensina! Se você disser que não sabe editar: Ele vem ao teu encontro e sopra o entendimento que está vedado ao mundo, mas é revelado aos que o amam.
  Assim como um editor de textos que não dominamos metade das funções e aplicações, a vida com Jesus permite inúmeros "facilitadores" que desconhecemos até buscarmos fervorosamente a Ele. Não fiquemos como a maior parte das pessoas que sabem o "básico" de Jesus e sofrem por não conhecê-lo melhor. O melhor "editor de textos" da vida é o fabricado pelo autor dela! O "aplicativo" você já tem dentro de você, se não tem, pode "baixá-lo" gratuitamente apesar Dele ter pago um alto preço, basta agora vivê-lo intensamente, desfrutando-o na sua plenitude. Nunca saberemos tudo, mas sempre mais um pouco até o dia em que o texto da nossa vida será: Viver com Ele eternamente na glória!

Andre Luiz



quarta-feira, 23 de março de 2011

"Hoje é sempre o dia de fazer o melhor que pudermos. Amanhã, invariavelmente é o dia do resultado de nossas próprias ações"

André Luiz

terça-feira, 22 de março de 2011

segunda-feira, 21 de março de 2011

Copiar e Colar

  Um dia desses me peguei a pensar o quanto “copiar” e “colar” revolucionou a nossa vida. Voltei no tempo e lembrei de ver meu pai “bater” numa máquina de escrever em que não se podia errar, pois quando isso acontecia não havia muito o que fazer, me lembrei de tentar fazer igual a ele que chegou a dar “350 toques por minuto” (uma autêntica máquina a bater) e machucar os dedos porque havia buracos entre as teclas que faziam sofrer os iniciantes. Quanta coisa mudou! Enquanto estou a confeccionar este texto quantas vezes vou pra frente pra trás dando “backspace” quando erro. Quantas vezes acho que está mal “seleciono” e “deleto” tudo e ponho-me a fazer tudo novamente. Isso sem dizer que quando faço uma tremenda besteira no texto porque apertei o botão errado, vou sem estresse ao “desfazer” e ufa! Tudo no lugar outra vez! Quantas opções! Quantas idéias! Pra não dizer do “copiar” e “colar” em produção musical por exemplo, o que seria dos músicos se não pudessem copiar e colar, aproveitando uma coisinha aqui outra ali fazendo uma verdadeira obra de arte!
  Cheguei a conclusão que deveríamos fazer isso na vida também! Que tal “deletarmos” da nossa mente aquela palavra negativa que recebemos? Que tal “copiarmos” e “colarmos” as boas atitudes que vemos nas pessoas? Por que não refletirmos na nossa vida o que está mal “selecionarmos” e então “deletarmos” e escrevermos uma nova história para nós? Por quê não "revisarmos" o que vamos falar medindo as consequências? Por quê não pensar antes de dar "enter"? Não é preciso machucar o dedo entre as “teclas” da vida, a vida é um excelente “editor de texto” só é preciso saber como mexer. Mas quem será que vai nos ensinar? Conheço uma pessoa que é mesmo boa nisso: O NAZARENO!
Aquele que morreu na cruz e ressurgiu ao terceiro dia tá lembrado?

Copiando e Colando
Andre Luiz

sábado, 19 de março de 2011

"O maior prazer da vida consiste em fazer aquilo que os outros dizem que não se consegue fazer"

Walter Bagehot

terça-feira, 15 de março de 2011

"Os tsunamis da vida"

  De algum modo me sinto poupado por não ter sido o meu país a ter sofrido uma catástrofe como no Japão. Porém fico a pensar: Estou seguro? Somos por acaso melhores que o povo japonês? É característico da nação do sol nascente a organização, a disciplina, o trabalho. Entretanto, não foi possível conter a fúria do tsunami.
  Com tudo isso passo a refletir que não estamos seguros em nós mesmos. Gosto da organização, da disciplina, de cumprir prazos, metas. Porém por vezes na vida somos arrastados por "tsunamis" e com isso são abaladas nossas estruturas. Talvez sejamos daquelas pessoas que dizem mal dos vizinhos, profetizando que nunca nos sucederá o que sucede a eles, talvez achamos que só os filhos dos outros tem defeitos, só a nossa religião é a que Deus se agrada, a nossa cultura é a que vale, e seguimos na estrada da arrogância sem saber que os "tsunamis da vida" se aproximam.
  Hoje nações do mundo inteiro estão a mandar ajuda pra quem nem sempre precisou (3ª potência mundial). Talvez sejamos daquelas pessoas que nunca precisou de uma carona (BR), boléia (PT), porque temos o nosso carro novo na garagem, talvez daquela que nem saiba o que é uma cesta básica porque dois carrinhos de compras não chegam para um mês. Sem saber que por vezes a vida nos prega partidas das quais nos tornamos reféns e passamos ao status de depender das pessoas.
  Não é conversa de vendedor de seguro de vida, mas é preciso pensar na segurança da nossa alma. Não é possível que diante de tudo aquilo que vemos, vamos continuar na inércia do conto ligeiro que é a vida humana. Os tsunamis da vida podem levar casas, carros, até a vida. Mas para onde irá a tua alma? Tudo o que o ser humano deseja é ser auto-suficiente e não depender de ninguém, mas aquilo que Deus quer é que amemos uns aos outros. Será que alguém que não ame seu irmão, ama a Deus ou sabe quem Ele é (amor)?
  Fiquemos com Aquele que guarda a nossa alma dos "tsunamis da vida" e que aprendamos a ser solidários com todos aqueles que como nós podem ser abalados por catástrofes. Lembremos que existe muita gente a sofrer: a perda de filhos (será que existe maior catástrofe que essa), perda de saúde e outros terremotos que por aí andam.
 
   Seguro Nele
   Andre Luiz
 

domingo, 13 de março de 2011

Pago à vista! Na "embalagem" Dele

 Um jovem se preparava para a formatura, sabendo que seu pai podia lhe dar um bom presente disse: um carro era tudo que eu queria. Na manhã de sua formatura o pai o chamou e disse-lhe que estava muito orgulhoso de ter um filho como ele, o quanto o amava e lhe entregou uma caixa. Curioso o jovem abriu e encontrou uma bíblia e murmurou dizendo: com todo seu dinheiro você me dá uma bíblia? E saiu da casa, passados muitos anos o jovem lembrou do seu pai e resolveu vê-lo. Foi então que teve a notícia que ele havia morrido, com grande arrependimento e dor começou a olhar as coisas do pai, quando encontrou a tal  bíblia, e enquando virava folheava-a encontrou a chave de um carro com a etiqueta de uma concessionária  datando o dia da sua formatura, escrito: PAGO À VISTA!!!

  Muitos deixam a presença do Pai, frustrados por não terem o queriam com a "embalagem" que desejavam, sofrem a dor de um mundo orfão de amor, escuro, onde não se dissipam nossos queixumes e por vezes numa última gota de esperança vamos procurar pela luz e ela já se apagou dentro de nós, o Pai ainda vive na sua vida ? Até quando vamos retardar nossas bençãos por não reconhecermos que atrás das nuvens está o sol ? Até quando vamos desconfiar do único em quem podemos confiar ? Ele paga à vista, mas se "esconde" na Sua Palavra para ser buscado por nós. Eis aí o reino de Deus, basta que a fé no leve a buscar na Palavra Sua herança para nós.

  Não questione! Abra a Bíblia!
  Pago à vista mas com a embalagem Dele.

 

sexta-feira, 11 de março de 2011

"O Bezerro de Ouro"

  Êxodo 32 trata de revelar a triste atitude do povo e de Arão, enquanto Moísés no monte recebia as tábuas da Lei diretamente do Senhor. Alegando não saberem de Moisés fizeram um ídolo e lhe prestaram culto.
  À semelhança dessa vergonhosa história do povo de Israel, nos nossos dias existem pessoas levantando verdadeiros "bezerros de ouro" enquanto a resposta não vem, enquanto não recebe a direção, enquanto o milagre não acontece e etc..
 
   Gente levantando o bezerro do adultério a dizer "Ele não me dava atenção"
   Gente levantando o bezerro do suborno a dizer "o que eu ganhava não chegava para as contas"
   Gente levantando o bezerro do culto mundano a dizer "precisamos atrair mais jovens"
   Gente levantando o bezerro da mentira a dizer "ninguém vai saber"

    Precisamos resistir à tentação de levantar "bezerros de ouro" enquanto a solução não chega, precisamos aprender a esperar no Senhor, "A Lei do Senhor é perfeita", o nosso socorro vem de cima, e não das coisas dessa vida. O bezerro foi feito com o que os homens tinham, enquanto que as tábuas da Lei foram ditadas pelo próprio Deus a fim de conceder ao homem os marcos que trariam a direção para a jornada culminando com a conquista de uma Terra Prometida.

   O que você prefere? Através de argumentos humanos levantar bezerros de ouro e como consequência provar do próprio veneno como castigo ou esperar em Deus e levantar a bandeira da vitória na sua vida ?    

   O material para a confecção do bezerro está dentro de nós, porém quem subir ao "monte" da comunhão com Deus alcançará direção, proteção, refrigério, força e a Vida Eterna!

  André Luiz

quinta-feira, 10 de março de 2011

Uma dieta para a Eternidade - Êx 16:16-30

 O maná tipifica o alimento, a provisão do céu, a porção de Deus para cada dia da nossa jornada, a realização de uma promessa de Deus na vida do Seu povo.
  Esse alimento era colhido de acordo com a necessidade da tenda, a nossa tenda representa a nossa família. Temos a responsabilidade de prover alimento espiritual para nossa família, entretanto era um omer por cabeça, lembrando-nos que a salvação é individual, é uma experiência que não pode ser dividida. Cada um responderá diante de Deus por si próprio.
  Ninguém deixe dele para o dia seguinte. " O pão de cada dia nos dai hoje" Nossa experiência com Deus deve ser diária. "Cada dia basta o seu mal" Não devemos adiar ter experiências com o Senhor, lembrando sempre que a experiência de ontem não alimenta por hoje, e nem aquela que dizemos que ainda vamos ter nos atende por agora.

   O maná foi alvo de muitas críticas do povo no deserto que ainda estava preso às "panelas do Egito". Muitos hoje, rejeitam a genuína Palavra de Deus que é simples, mas conduz o homem à Eternidade. Não é preciso a Igreja preparar um menu buscando parecer com as panelas do Egito para ganhar o povo. As panelas do Egito eram para um tempo de escravidão. Jesus já nos libertou, o deserto é só por um momento a Terra da promessa nos aguarda. Façamos a dieta da Eternidade: comamos Dele uma porção dia após dia, até o Grande Dia!

  Andre Luiz

segunda-feira, 7 de março de 2011

Alfa e Ômega

 "Eu sou o Alfa e o Ômega, diz o Senhor Deus" Ap 1:8a

 Com essa declaração Deus se auto-define como sendo o inicio e o fim das coisas. Aproveitando a definição de Deus dada pelo próprio Deus, podemos ter experiências maravilhosas com Ele.
 Se ele é o início, comece os seus planos no altar Dele. Se Ele é o fim, vamos até o fim com Ele.
 O problema é que muitos de nós não começamos nosso projetos com Deus, e quando as coisas correm mal, corremos às pressas para Ele.
 Alguns até começam com Ele, porém a meio abandonam Suas ricas orientações, então vem a decepção.
 Se precisamos de libertação, Ele é Ômega que põe fim à nossa derrota, quebrando cadeias.
 Se precisamos de um renovo, Ele é Alfa, com Ele temos a oportunidade de começarmos tudo de novo.
 Ele não apenas era ou apenas um dia será, Ele é sempre! Não é preciso esperar pelo socorro, Ele é auxílio bem presente, imediato. 
 Comecemos com Ele, e permaneçamos com Ele até o fim! Existem muitas coisas para serem começadas, outras que urgentemente precisam ser terminadas, encerradas. Não percamos tempo: Ele é Alfa e Ômega, qual o seu problema ?

 André Luiz

sábado, 5 de março de 2011

Nuvem e Fogo - Êxodo 13:21-22

"O Senhor ia adiante deles, durante o dia numa coluna de nuvem, para os guiar pelo caminho, durante a noite numa coluna de fogo, para os alumiar, a fim de que caminhassem de dia e de noite"
Ex 13:21-22 

  O Senhor vai adiante de nós para nos indicar o caminho e para nos proteger. E nessa jornada Ele é a nuvem que aplaca o calor das lutas no deserto e é o fogo que nos aquece de toda essa frieza espiritual aliada a escuridão desse mundo e luz para nossa caminhada.
  O segredo da nossa vitória é não ficarmos parados, mas buscar ter experiências com o Senhor, também não ficar atrás como quem está distraído, e nem tampouco na frente da coluna pois ninguém que desobedece a Deus vence.
  A direção estava na coluna e não em Moisés. Não está no homem, mas no Senhor.

  Andre Luiz

 

sexta-feira, 4 de março de 2011

Dependemos do Senhor - Sl 127:1-2

  "Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o Senhor não guardar a cidade; em vão vigia a sentinela.
   Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde, comer o pão que penosamente granjeastes; aos seus amados ele o dá enquanto dormem" Sl 127:1-2

   Nós trabalhamos porém Ele é quem edifica. A sentinela vigia mas quem guarda a cidade é o Senhor. Nisso vemos que em tudo DEPENDEMOS DO SENHOR.

    Atenção: Isso não significa que não devemos: trabalhar, vigiar, acordar cedo, dormir tarde, desfrutar o fruto do trabalho. Entretanto, devemos entender que tudo isso é apenas a nossa parte, e não é através dela que Deus opera. Não podemos usar essa passagem bíblica para encobrir nossa inércia em relação as coisas que precisam ser feitas, mas devemos atentar para o facto de que em tudo dependemos Dele. Ele age apesar de nós, mas não faz aquilo que somos nós que temos que fazer. Façamos a nossa parte pois Ele nunca deixa de fazer a Dele. Façamos a nossa parte e então passamos ao próximo passo: descansarmos Nele.

   Andre Luiz

terça-feira, 1 de março de 2011

Ansiedade e Escravidão

Êxodo 6:9

"Desse modo falou Moisés aos filhos de Israel, mas eles não atenderam a Moisés, por causa da ânsia de espírito e da dura escravidão"

Moisés era quem o Senhor usava para falar com o Seu povo, hoje em dia quem cumpre essa papel no nosso meio é o Espírito Santo, e os crentes são o povo de Deus.

A ansiedade é o mal do século, levando pessoas a adoecerem, viverem perturbadas, desesperadas, descrentes. Os gregos chamavam-na de SEDE da ALMA.

Dura escravidão - O Egito é tipo desse mundo em que Faraó é Satanás. A vida no mundo é uma dura escravidão o que tem se agravado com a proximidade do Arrebatamento.

A Mensagem de Moisés - Moísés proclamou a saída do povo hebreu do Egito, proclamou o fim da escravidão. Fez-lhes uma promessa de uma nova terra.

Nos nossos dias o Espírito Santo vem proclamando a nossa saída desse mundo, e tem compartilhado entre nós a promessa da Canaã Celestial, entretanto, muitos vem deixando a ansiedade e a dura escravidão deste mundo cegar-lhes a visão das promessas de Deus.

Em Jesus somos livres sede da alma porque Ele nos é a água da vida e Nele deixamos de ser escravos desse mundo.

Maranata, Ora vem Senhor Jesus!

Andre Luiz